05/09/2018 - Prestigiaram o IV Seminário Intersetorial de Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio, em Porto Alegre, a enfermeira Maria da Penha, o consultor terapêutico Fernando Senna e a estagiária da Psicologia Juliana. O evento contou com palestras, debates e reflexões sobre a promoção da vida e a prevenção do suicídio.

12/09/2018 - A II Jornada Acadêmica de Toxicologia, na Universidade Federal de Pelotas, teve a participação da psicóloga Cristiane e da estagiária da Psicologia Juliana. Cristiane também apresentou as atividades do CENPRE durante o evento.

12/09/2018 - O CENPRE iniciou nesta data uma nova atividade: busca ativa e divulgação. A proposta tem como objetivo realizar a busca domiciliar dos pacientes faltosos ou com restrições de deslocamento, além de divulgar os serviços do CENPRE para a comunidade e para os setores da saúde, serviço social e educação.

14/09/2018 - Os psicólogos Cristiane e Ismael e a enfermeira Seiko participaram da Reunião do Fluxo, organizada pela Secretaria Municipal da Saúde do Rio Grande. Durante o evento foram apresentados e discutidos os fluxos de atendimento à criança, ao adolescente e às pessoas usuárias de álcool e outras drogas.

18/09/2018 - A coordenadora do CENPRE, professora Ana Baisch, e a enfermeira Maria da Penha, estiveram presentes na reunião da rede de proteção à mulher em situação de vulnerabilidade, com o tema "o poder público e o empoderamento feminino". Na ocasião, foram apresentados os serviços do CENPRE e as atividades da Unidade de Saúde Prisional.

19/09/2018 - A coordenadora do CENPRE, professora Ana Baisch, e a enfermeira Maria da Penha, participaram do Seminário Municipal de Prevenção ao Suicídio, organizado pela Secretaria Municipal da Saúde do Rio Grande.

19/09/2018 - Aconteceu em Pelotas, o V Encontro Regional da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) Regional. O CENPRE contou com a participação da assistente social Liziane, do psicólogo Janderson e das estagiárias da Psicologia Jéssica e Juliana.

27/09/2018 - A coordenadora do CENPRE, professora Ana Baisch, participou da reunião com o Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas de São José do Norte, ocasião em que foi aprovado o projeto para levantamento sobre o consumo de drogas entre escolares e o perfil epidemiológico dos gestores escolares de São José do Norte/RS.

Durante os dias 29, 30 e 31/10/2018, a FURG promoveu o evento "Promotoras Legais Populares" e o CENPRE contou com a representação da psicóloga Cristiane, da estagiária de Psicologia Juliana e da coordenadora do CENPRE, professora Ana Baisch. Foram debatidos temas como saúde mental, prevenção ao uso/abuso de álcool e outras drogas e atividades desenvolvidas no CENPRE.

08/08/2018 - A enfermeira Maria da Penha, os psicólogos Cristiane e Janderson e a assistente social Liziane participaram da roda de conversa sobre saúde mental, promovido pela Coordenação de Psicologia Organizacional e Serviço Social, da Pró-reitora de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas. Os participantes discutiram sobre o acolhimento e o fluxo de atendimento dos usuários em saúde mental.

10/08/2018 - A equipe do CENPRE esteve presente no Seminário Regional Sul de Políticas Públicas sobre Drogas: outras palavras e outros olhares sobre drogas, ocorrido no Centro de Convivência dos Meninos do Mar (CCMAR).

19/08/2018 - A psicóloga Cristiane e a estagiária da Psicologia Juliana participaram do evento "Consultório na praça: ação afirmativa voltada aos cidadãos em situação de rua".

20/08/2018 - O consultor terapêutico Fernando Senna e os bolsistas João Marcelo e Pedro Henrique prestigiaram o evento alusivo os 10 anos do Centro de Convívio dos Meninos do Mar (CCMar).

22/08/2018 - O engenheiro Marco Leandro se reuniu com a assistente social Edineia, o consultor terapêutico Fernando Senna e a enfermeira Seiko para discussão e elaboração do prontuário eletrônico no CENPRE. A implantação do prontuário eletrônico visa a redução dos prontuários físicos e o aumento da segurança das informações. A previsão é de que a partir de 2019 todos os atendimentos sejam registrados no sistema.

29/08/2018 - Dia Nacional de Combate ao Fumo. O evento, promovido pela Diretoria de Atenção à Saúde (DAS), da Pró-reitora de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, realizou distribuição de materiais educativos e de divulgação dos serviços de saúde.

29/08/2018 - O psicólogo Thiago Cordeiro participou da mesa redonda sobre o tema "Desinstitucionalização da loucura. Quem são os loucos?", inserida na II Jornada Acadêmica do Curso de Graduação em Psicologia da FURG.

Período do curso:
1º Módulo: de 05 a 09 de novembro de 2018
2º Módulo: de 19 a 23 de novembro de 2018
Horário das aulas: das 08h30min às 12h00 e das 13h30min às 17h10min
Tarefa intermódulos: não presencial
 
Objetivo: capacitar operadores de comunidades terapêuticas, profissionais da área da saúde e afins para a prevenção e o tratamento do uso de drogas.
 
Público-alvo: operadores de comunidades terapêuticas, profissionais da área da saúde e afins.
 
Número de vagas: 20 (vinte)
 
Corpo docente: profissionais com experiência na área de dependência química.
 
Investimento: a inscrição e o curso serão gratuitos e haverá auxílio refeição para participantes que não residem em Rio Grande/RS. O auxílio financeiro será no valor de R$ 100,00 (cem reais) por cada dia de aula presencial devidamente frequentado, perfazendo um total de R$ 1.000,00 (hum mil reais), que serão depositados na conta corrente do participante em dois momentos, metade no 1º módulo e metade no 2º módulo.
 
Período de inscrição: inscrições encerradas.
 
Critérios de seleção:
1) Será aceito 01 (um) candidato por instituição. Se não forem preenchidas todas as vagas, outros candidatos poderão ser aceitos (no momento do envio da inscrição a instituição deverá designar a ordem em que os candidatos deverão figurar na lista).
2) Não serão aceitas inscrições de pessoas que realizaram o curso anteriormente.
3) A ordem de preferência será:
     a) Operadores de comunidades terapêuticas (coordenador, monitor ou outra designação utilizada) que comprovem a conclusão de seu tratamento há, pelo menos, 01 (um) ano;
     b) Técnicos que sejam funcionários de comunidades terapêuticas;
     c) Técnicos voluntários em comunidades terapêuticas;
     d) Estudantes que estejam fazendo estágio em comunidades terapêuticas;
     e) Profissionais da área da saúde;
     f) Demais interessados no tema.
 
Critérios para aprovação: frequência de 85% e aprovação com nota média de 7,0.
 
Avaliação: participação em aula; tarefa intermódulos; trabalhos realizados durante o curso; e nota da avaliação final.

 

Resultado da seleção: Clique aqui

 

 

A equipe da Enfermagem da Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas/Diretoria de Atenção à Saúde (PROGEP/DAS), juntamente com a equipe do CENPRE, realizou ação alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Fumo, distribuindo folhetos informativos e orientações no Campus Carreiros, Campus Saúde e Hospital Universitário. Em Rio Grande, a população pode procurar os seguintes serviços de atendimento:

  1. Centro Regional de Estudos, Pesquisa e Recuperação de Dependentes Químicos (CENPRE), localizado no Térreo do prédio anexo ao HU, telefone (53) 3233-0202
  2. Programa de Ajuda ao Fumante, na Ala Verde no Hospital Universitário (HU/FURG), telefone (53) 3233-8868

 

29 de agosto é o Dia Nacional de Combate ao Fumo e tem como objetivo reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização da população para os danos pessoais, sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco.

Segundo a Organização Mundial de Saúde o tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo o mundo, sendo responsável por 63% dos óbitos relacionados às doenças crônicas não transmissíveis. Dessas, o tabagismo é responsável por 85% das mortes por doença pulmonar crônica (bronquite e enfisema), 30% por diversos tipos de câncer (pulmão, boca, laringe, faringe, esôfago, pâncreas, rim, bexiga, colo de útero, estômago e fígado), 25% por doença coronariana (angina e infarto) e 25% por doenças cerebrovasculares (acidente vascular cerebral).

Além de estar associado às doenças crônicas não transmissíveis, o tabagismo também é um fator importante de risco para o desenvolvimento de outras doenças, tais como - tuberculose, infecções respiratórias, úlcera gastrintestinal, impotência sexual, infertilidade em mulheres e homens, osteoporose, catarata, entre outras doenças. O consumo de tabaco e seus derivados mata milhões de indivíduos a cada ano. Se a tendência atual continuar, em 2030 o tabaco matará cerca de 8 milhões por ano sendo que 80% dessas mortes ocorrerão nos países da baixa e média renda.

No Brasil, como resultado das importantes ações de controle do tabaco desenvolvidas, a prevalência de tabagismo vem diminuindo ao longo dos anos.

Referências

Instituto Nacional do Câncer - INCA. Disponível em www.inca.gov.br

Organização Mundial de Saúde - OMS. Disponível em http://www.who.int/tobacco/global_report/2011/exec_summary/en/