Na semana de 16 a 20 de janeiro de 2023, a Comissão Interna de Avaliação e Planejamento (CIAP) do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) trabalhou intensamente com a avaliação dos resultados de 2022 e a elaboração do Plano de Ação 2023. O CENPRE é um programa de extensão do ICB, vinculado à matéria Farmacologia, e participou ativamente dos debates.

No dia 18 de janeiro de 2023, a Comunidade ICB se reuniu presencialmente no Campus Carreiros para a construção coletiva do Plano de Ação do ICB 2023. Todas as 50 metas do ano de 2022 foram avaliadas e serviram de base para a construção das metas deste ano. Estiveram presentes como representantes do CENPRE a coordenadora, Profa. Ana Baisch e a enfermeira Simone. Também esteve presente como integrante da CIAP e representante do CENPRE, a enfermeira Seiko. O evento ocorreu no Pavilhão 4 e os debates aconteceram das 8h30min às 12h e das 14h às 19h.

Para este ano, estão programadas 28 metas distribuídas entre os eixos de graduação, assuntos estudantis, pós-graduação, pesquisa, inovação tecnológica, extensão, cultura, gestão de pessoas, infraestrutura, gestão ambiental, gestão da informação e gestão institucional. O CENPRE faz parte do eixo de extensão e trabalhará para promover ações de extensão e protagonizar momentos de integração entre Universidade e comunidade em geral.

 

Imagem: Página do ICB/FURG.

 

O CENPRE retornou ao atendimento normal no dia 03 de janeiro de 2023!

E o que o CENPRE oferece atualmente?

Acolhimento e reacolhimento: de segunda a sexta das 8h às 16h, exceto na terça-feira, que é fechado para reunião de equipe, discussão de casos e educação permanente das 12h às 17h. Para acolhimento ou reacolhimento não é necessário encaminhamento, documento de referência nem agendamento. A pessoa interessada pode buscar o atendimento diretamente na recepção do CENPRE ou pelos meios de comunicação divulgados nesta página.

Grupos de apoio: após o acolhimento ou reacolhimento, a pessoa é encaminhada para um dos grupos de apoio. Atualmente temos o Grupo Em-Frente, direcionado para pessoas em tratamento no CENPRE, todas as terças das 17h às 18h; o Grupo Familiar, que atende familiares de pessoas que têm problemas relacionados ao uso de drogas (para a família participar, não é preciso que a (o) paciente esteja em atendimento), todas as quartas das 15h às 16h; e o Grupo de Prevenção Terciária, para pessoas encaminhadas pela equipe do CENPRE após avaliação individual do caso.

Oficinas: para participar das oficinas é preciso ter encaminhamento da própria equipe do CENPRE, pois trabalhamos com espaço e recursos limitados. Atualmente temos a Oficina Arte & Expressão e a Oficina de Costura Criativa.

Atendimento individual: esse tipo de atendimento é sempre agendado conforme possibilidade de vaga dos profissionais. Atualmente compõem a equipe do CENPRE para atenção individual: assistentes sociais, enfermeiras, médico psiquiatra, psicóloga e terapeuta familiar.

 Mídia Social, Pessoas, Redes Sociais

Imagem: Pixabay

 

04 de julho de 2022
Programa de Iniciação Científica - PIC/EBSERH
O projeto Estratégias no cuidado da saúde dos pacientes usuários de substâncias psicoativas: a importância dos grupos terapêuticos, coordenado pela Profa. Ana Baisch, coordenadora do CENPRE, foi aprovado para o Programa de Iniciação Científica da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (PIC/EBSERH). O Edital tem como objetivo a concessão de bolsas de iniciação científica para estudantes de graduação, cujos projetos de pesquisa sejam executados no Hospital Universitário da FURG/EBSERH.
O CENPRE tem como foco a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, e ao ser contemplado com a bolsa do presente Edital, cumpre com os objetivos da proposta, que é impulsionar o desenvolvimento pessoal e profissional dos estudantes; estimular a inserção de alunos em atividades de formação científica aplicada à área da saúde; estimular o desenvolvimento de pesquisas no âmbito do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. Hu-Furg/Ebserh; promover a articulação entre alunos, programas de pós-graduação e unidades assistências do HU; contribuir para o desenvolvimento científico de pesquisadores locais; participar da formação de recursos humanos destinados à pesquisa científica voltada para a área da saúde; proporcionar aos estudantes a aproximação com métodos e vivência científica na área de saúde; e despertar o interesse em carreiras científicas, bem como, futuras admissões em programas de pós-graduação.
 
15 de agosto de 2022
Pesquisa UNIFESP
A Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) está realizando uma pesquisa sobre habilidades sociais e consumo de álcool.
Quem pode participar? Pessoas entre 18 e 25 anos, que não apresentem nenhum transtorno psiquiátrico ou neurológico grave.
Como participar? Acessando link: https://forms.gle/s5iW2JhRqidM2Cft7
 
20 de agosto de 2022
Aniversário do CENPRE!

 

Setembro Amarelo
O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. No Brasil, foi criado em 2015 pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), e marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro).
Acesse a Cartilha "Falando abertamente sobre suicídio": clicando aqui
De acordo com diferentes literaturas, o suicídio pode estar associado a diferentes condições, como depressão e outros transtornos psiquiátricos, transtorno por uso de substâncias, perda de uma pessoa significativa, transtorno de estresse pós-traumático, desemprego e falta de perspectiva, situações de violência (física, sexual, psicológica etc.), entre outras.
Um estudo publicado em 2016¹ analisou 123 prontuários em uma unidade de referência em saúde mental, e avaliou pacientes diagnosticados com transtornos por uso de substâncias; os resultados mostraram que 43,9% dessas pessoas relataram comportamento suicida (acesse a pesquisa completa).
Outra pesquisa publicada em 2015², demonstrou que 36,2% das 290 vítimas de suicídio na região metropolitana de São Paulo, SP, apresentavam indícios de consumo de álcool (acesse a pesquisa completa).
De acordo com um estudo publicado em 2010³, 41,2% das pessoas usuárias de cocaína/crack apresentaram risco de suicídio; e entre pessoas usuárias de álcool/cocaína/crack, esse risco foi de 66,7%. Esses dados colaboram com os achados que mostram que o consumo de álcool aumenta a chance da pessoa cometer suicídio (acesse a pesquisa completa).
¹ Cantão, L.; Botti, N.C.L. Comportamento suicida entre dependentes químicos. Revista Brasileira de Enfermagem. 69 (2). Mar/Abr, 2016.
² Gonçalves, R.E.M.; Ponce, J.C.; Leyton, V. Uso de álcool e suicídio. Saúde, Ética e Justiça. 20 (1). 2015.
³ Scheffer, M.; Pasa, G.G.; Almeida, R.M.M. Dependência de álcool, cocaína e crack e transtornos psiquiátricos. Psicologia: teoria e pesquisa. 26 (3). Set, 2010.
 

 Imagem: https://www.setembroamarelo.org.br

 

Eventos com participação da equipe do CENPRE
No dia 19 de maio de 2022, a convite do assistente social Tomaz da Diretoria de Assistência Estudantil, a enfermeira do CENPRE, Seiko, participou de atividade organizada pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE/FURG), juntamente com Daniel, arte-educador do CAPS AD do Rio Grande. A atividade aconteceu no auditório das Pró-Reitorias, no Campus Carreiros, e teve como público estudantes moradores das Casas de Estudantes e trabalhadores da FURG. Foram debatidas situações de estresse emocional inerentes à rotina acadêmica e apresentados os dispositivos/programas de atenção à saúde mental do município, incluindo o CENPRE.

Imagem: arquivo pessoal.

O terapeuta familiar do CENPRE, Fernando, juntamente com a enfermeira do Serviço de Atendimento Especializado (SAE/HU/FURG/EBSERH), Maria da Penha, participaram da roda de conversa com a equipe e as pessoas em atendimento na Comunidade Terapêutica Vida Nova. O evento ocorreu em 10 de agosto de 2022. Fernando conversou com os participantes e apresentou o funcionamento do CENPRE, as modalidades de cuidado disponíveis e o fluxo de atendimento atual.

Imagem: arquivo pessoal.

Em 26 de agosto de 2022, participaram da Reunião Pública da Governança, a coordenadora do CENPRE, Profa. Ana, e a enfermeira do CENPRE, Simone, apresentando o funcionamento do CENPRE, os fluxos, as rotinas, os profissionais, as demandas, as principais necessidades do setor, entre outras informações. As reuniões públicas acontecem uma vez por mês no auditório da área acadêmica do HU/FURG, com o objetivo de ampliar a participação dos usuários, comunidade acadêmica e trabalhadores nas ações de gestão do HU/FURG/EBSERH.

 Imagem: arquivo pessoal.

Nos dias 8, 9, 12, 13 e 14 de setembro de 2022 aconteceu o 1º Simpósio de Atenção à Saúde Mental do Servidor da FURG, organizado pela Diretoria de Atenção à Saúde da PROGEP/FURG. A equipe do CENPRE participou do evento como ouvinte, na apresentação do ambulatório e na mesa redonda. Leia a notícia do evento: clicando aqui.

Imagem: arquivo pessoal.

 

Reunião do COMEN
A reunião do COMEN, Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas, aconteceu no dia 18 de outubro de 2022, na sede da Prefeitura Municipal do Rio Grande. Atualmente, fazem parte do Conselho, o terapeuta Fernando Senna e a psicóloga Cristiane Guimarães, integrantes da equipe do CENPRE, como representantes da FURG.
 
 
 Imagem: arquivo pessoal
 
21ª Mostra de Produção Universitária
A acadêmica do curso de graduação em Medicina da FURG e bolsista do PIC/HU/FURG/EBSERH, Ane Konrad, apresentou na 21ª Mostra de Produção Universitária (MPU FURG), o trabalho realizado no projeto "Características dos familiares de dependentes químicos atendidos em dois serviços ambulatoriais em Rio Grande, RS", da assistente social e mestranda Liziane, orientado pela coordenadora do CENPRE, Profa. Dra. Ana Baisch. A apresentação foi on-line no dia 21 de outubro de 2022.
 
 Imagem: arquivo pessoal
 
 
II Seminário de Pesquisa do HU-FURG
A coordenadora do CENPRE, Profa. Ana Baisch, participou do Seminário, realizado no dia 09 de novembro de 2022, no auditório da área acadêmica do Hospital Universitário da FURG, e apresentou os projetos realizados no CENPRE. Profa. Ana também conversou com os participantes sobre o funcionamento do ambulatório. Participaram como ouvintes, a assistente social Liziane, também na condição de mestranda do PPG em Ciências da Saúde, e a enfermeira Seiko.
 
 Imagem: arquivo pessoal
 
Roda de Conversa na 21ª MPU
Estão abertas as inscrições para a Roda de Conversa - autonomia, direitos e redução de danos: o que a guerra às drogas tem a ver com isso?
A atividade integra as Oficinas que serão ofertadas na 21ª Mostra de Produção Universitária (MPU/FURG) e é aberta para a comunidade em geral. As inscrições estarão abertas até o dia 10/10/2022 ou até esgotarem as vagas. Não haverá cobrança de nenhuma taxa. Para maiores detalhes e inscrição: acesse aqui

 

MPU FURG

 

Integrantes da equipe do CENPRE, Profa. Ana, Cristiane, Iracema e Seiko, participaram da Oficina "Autonomia, direitos e redução de danos: o que a guerra às drogas tem a ver com isso?", que aconteceu na quinta-feira, 20/10/2022, às 14h, no Pavilhão 4, Campus Carreiros, FURG, como parte da programação da 21ª Mostra de Produção Universitária (MPU FURG). O evento, que foi uma roda de conversa, apresentou importantes discussões a respeito das políticas públicas sobre drogas ao longo da história, além do debate sobre as práticas de redução de danos e as atividades realizadas por diferentes equipes no município do Rio Grande e região.

 

 Imagem: convite do evento

 

IV Saúde Mental e Direitos Humanos e III Mostra de Saúde Coletiva
O IV Encontro de Saúde Mental e Direitos Humanos e a III Mostra de Saúde Coletiva buscam articular a perspectiva do cuidado psicossocial com ações de políticas públicas voltadas à saúde coletiva. O evento é gratuito e aberto para toda a comunidade universitária e comunidade externa: profissionais, estudantes, todas as pessoas que tenham interesse nos temas. As inscrições para apresentação de trabalhos ficam abertas até 25/10/2022 e as inscrições para participar como ouvinte ficam abertas até 07/11/2022.
 
Este ano o evento acontecerá de modo presencial no auditório da SEaD, no Campus Carreiros da FURG, e também será transmitido pelo Canal da FURG no YouTube!
 
Maiores informações e inscrições: clique aqui
 
Imagem: cartaz de divulgação do evento
 
Educação Permanente em Saúde

No dia 1º de novembro de 2022, a equipe do CENPRE realizou atividade de Educação Permanente em Saúde, abordando o tema "transtorno de personalidade borderline e suicídio". A atividade ocorreu presencialmente na sala de reuniões do CENPRE e foi mediada pela psicóloga Cristiane Guimarães.

Imagem: arquivo pessoal

Roda de Conversa no 13º aniversário do CAPS AD

A enfermeira do CENPRE, Seiko, participou como ouvinte da Roda de Conversa sobre Dependência Química na Infância e Adolescência: abordagens de cuidado, realizado em alusão ao 13º aniversário do Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e outras Drogas CAPS AD), Rio Grande. O evento ocorreu no dia 16 de novembro de 2022, no Salão Nobre da Prefeitura Municipal do Rio Grande.

O CAPS AD é um serviço especializado que atende pessoas com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas, e oferece diferentes modalidades terapêuticas (consultas individuais com equipe multidisciplinar, oficinas, grupos de apoio para pacientes e familiares etc.). O CAPS AD Rio Grande iniciou suas atividades em 03/11/2009.

Imagem: cartaz de divulgação do CAPS AD Rio Grande e foto do arquivo pessoal

 

Congresso Brasileiro de Psicologia

No período de 11 a 15 de novembro de 2022, a psicóloga do CENPRE, Cristiane, participou do 6º Congresso Brasileiro de Psicologia, que ocorreu em São Paulo, SP. O evento recebeu mais de 6.000 participantes, 3.166 trabalhos, 47 minicursos e 22 conferências. Para maiores informações sobre o evento, acesse a página do Congresso clicando aqui.

Imagens: divulgação da página do Congresso e fotos do arquivo pessoal

 

Mês da Consciência Negra

No dia 9 de novembro de 2022 aconteceu a abertura da exposição "Ocupação Odoyá - Mostra de Arte e Feira Gráfica". Trata-se de uma exposição coletiva que reúne artistas negros, negras e negres de diferentes gerações e com variadas práticas e temáticas, nascidos e/ou residentes na cidade de Rio Grande e Região Sul. A exposição fica aberta à visitação do público até o dia 8 de dezembro de 2022, no Centro de Convivência, no Campus Carreiros, FURG.

Imagem: cartaz de divulgação do Instituto de Letras e Artes - ILA/FURG

 

Presidente do COMEN

Fernando Senna, terapeuta familiar do CENPRE, foi eleito Presidente do COMEN - Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas do Rio Grande na reunião do dia 14 de dezembro de 2022. Fernando é integrante do Conselho como representante da FURG e, a partir de 2023, tomará posse como Presidente.

Imagem: arquivo pessoal

 

Pesquisa em São José do Norte

O Levantamento sobre o Consumo de Drogas entre Adolescentes Escolares no Município de São José do Norte, RS, que teve início em 2019 e foi interrompido em 2020 em razão da pandemia do coronavírus, retomou suas atividades em 2022. Após intenso trabalho de organização e planejamento, nos dias 24 e 25 de novembro de 2022, foi realizada a aplicação dos questionários nas escolas públicas do município. Os dados coletados serão digitados e analisados e, em 2023, a equipe de pesquisa voltará às escolas para reuniões de planejamento. O objetivo é focar em ações de prevenção ao uso abusivo de drogas e de promoção da saúde. Para isso, a equipe de pesquisa fará um diálogo com todas as escolas para definir intervenções de acordo com os resultados do levantamento e conforme o interesse de cada comunidade escolar.

Imagens: arquivo pessoal

 

Uma reportagem publicada em 1º de agosto de 2022, redigido pela psiquiatra Analice Gigliotti, fala sobre a dependência de substâncias psicoativas e o suicídio. Segundo um estudo realizado pela Universidade de Brasília (UnB), 4 em cada 10 pessoas que cometeram suicídio no Distrito Federal, entre 2005 e 2014, usavam álcool ou outras drogas psicoativas.

Leia a reportagem completa: clicando aqui

Álcool, O Alcoolismo, Vodka, Vinho, O Hábito DeDrogas, Viciado Em, Vício, Problema, Seringa, Saúde

Imagens: Pixabay

 

Como funciona um cigarro eletrônico? O cigarro eletrônico, também conhecido como dispositivo eletrônico para fumar (DEF), vaper, pod, e-cigarrete, e-cig, e-pipe, heat not burn, tabaco aquecido, entre outros, contém uma bateria, um atomizador e um cartucho. O dispositivo libera aerossóis como resultado do aquecimento do líquido (que também pode ser um óleo ou uma resina) contido no cartucho, e a pessoa inala esse vapor.

Qual a composição do cigarro eletrônico? O líquido que é vaporizado contém solventes, como glicerina e propilenoglicol, e diferentes concentrações de nicotina, água e aromatizantes. Estudos têm demonstrado que esses produtos liberam níquel, cromo, cádmio, estanho, chumbo, manganês e arsênico, e várias dessas substâncias são classificadas como tóxicas, cancerígenas e causadoras de enfisema pulmonar e dermatite.

O cigarro eletrônico ajuda no tratamento do tabagismo? Estudos iniciais patrocinados pela indústria do cigarro demonstraram que cigarros eletrônicos poderiam ser úteis na cessação do tabagismo. Porém, com o avanço das pesquisas científicas, foram descobertos potenciais danos à saúde gerados por esses dispositivos eletrônicos. Portanto, ainda que possam parecer menos prejudiciais que os cigarros convencionais, não podem ser considerados como estratégias para redução de danos à saúde.

No Brasil é permitido comprar esse produto? Não. A comercialização, importação e propaganda destes dispositivos são proibidas no Brasil, por meio da Resolução da ANVISA - RDC nº 46/2009.

Para maiores informações, acesse as referências abaixo:
1) Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA): clique aqui
2) Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (ABEAD): clique aqui
3) Instituto Nacional do Câncer (INCA): clique aqui

 

Fotos grátis de Ecigarette

Imagem: Pixabay