O Centro Regional de Estudos, Prevenção e Recuperação de Dependentes Químicos (CENPRE) é um Projeto de Extensão do Instituto de Ciências Biológicas da FURG e por se tratar de uma unidade acadêmica, seguirá o calendário universitário da FURG, permanecendo em recesso de 24/12/2018 a 02/01/2019. Nesse período o CENPRE estará fechado e retomará os atendimentos a partir do dia 03/01/2019. Agradecemos a compreensão.

 

DROGAS – CONCEITOS

 

 

DROGAS- Qualquer substância que altera as funções orgânicas. (Popularmente:...que afeta o comportamento, que leva a dependência e que é ilícita).

 

DROGA LÍCITA- É aquela que o uso e o comércio são permitidos legalmente. Ex.: álcool, fumo, medicamentos.

 

DROGA ILÍCITA- É a de uso e comercialização ilegal.

 

PSICOTRÓPICO- Substância que tem atração pelo sistema nervoso central, capaz de alterar a percepção e o comportamento.

 

DEPENDÊNCIA- Necessidade psíquica e, às vezes, física à droga (psicotrópico) capaz de alterar os reflexos inatos e ou adquiridos. As características são: compulsão, tolerância, síndrome de abstinência, efeitos nocivos para o indivíduo e para a sociedade.

 

COMPULSÃO- Desejo irresistível de repetir o uso.

 

TOLERÂNCIA- Necessidade de doses cada vez maiores para atingir os mesmos efeitos.

 

DEPENDÊNCIA PSÍQUICA- É o desejo pela repetição do uso da substância que quando suprimida não causa efeitos orgânicos, mas sim psicológicos.

 

DEPENDÊNCIA FÍSICA- Indica que o corpo adaptou-se fisiológicamente ao uso da droga (psicotrópico), com o desenvolvimento de uma síndrome pela abstinência.

 

SÍNDROME DE ABSTINÊNCIA- É o conjunto de sinais e sintomas desagradáveis que ocorrem quando o uso da droga (psicotrópico) é interrompido.

 

USUÁRIO OCASIONAL- É o indivíduo que faz uso da droga (psicotrópico) esporádico ou em determinadas épocas.

 

USUÁRIO HABITUAL- É o indivíduo que faz uso da droga freqüentemente.

 

HÁBITO- Evitar o uso deste termo (significaria a dependência psíquica).

 

VÍCIO- Evitar o uso deste termo (significaria a dependência física).

 

DROGAS QUE PODEM CAUSAR DEPENDÊNCIA

 

1-    ESTIMULANTES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL

1.1-        Cocaína

1.2-        Anfetaminas e Análogos

anfetamina (Benzedrina,...)

dexanfetamina (Dexedrina,...)

metanfetamina (Pervitin, Metedrina,...)

fenmetrazina (Preludin, Abulein,...)

 

2-    DEPRESSORES DO SISTEMA NERVOSO

2.1- Álcool etílico

2.2- Hipnóticos

2.2.1- Barbitúricos

pentobarbital (Nembutal,...)

secobarbital (Seconal,...)

amobarbital (Amital,...)

fenobarbital (Gardenal,...)

hexobarbital (Namuron,...)

2.2.2- Não-Barbitúricos

benzodiazepínicos               nitrazepam (Mogadon, Sonotrat,...)

flurazepam (Insonium, Lunipax,...)

flunitrazepam (Rohypnol, Fluserin,...)

metaqualona (Mequalon,...)

glutetimida (Doriden,...)

2.3- Ansiolíticos (tranqüilizantes menores, sedativos,...)

2.3.1- benzodiazepínicos

clordiazepóxido (Librium, Psicosedin, Tensil,...)

diazepam (Dienpax, Valium, Calmociteno, Kiatrium,...)

lorazepam (Lorax, Psicopax,...)

oxazepam (Tensolin, Adumbram, Oxazepol,...)

nitrazepam, flurazepam, flunitrazepam,...

2.3.2- Meprobamato (Equanil, Lepenil, Sedavier, Tranquilex,...)

2.4- Hipnoanalgésicos

 

 

2.4.1- Opiáceos ópio

morfina

heroína

2.4.2- Não-opiáceos   petidina (Meperidina, Demerol,...)

metadona (Amidona, Butalgin,...)

 

3- ALUCINOGÊNICOS

LSD-25

Mescalina

Psilocina e psilocibina; harmina

Muscarina

Miristicina, betel

Fenclidina (PCP)

DOM (dimetoximetilanfetamina, STP)

DOE (dimetoxietiltriptamina)

DMT (dimetiltriptamina)

DET (dietiltriptamina)

Anfetaminas e cocaína em doses elevadas

 

4-    PREPARAÇÕES DE CANABIS SATIVA (maconha e outras)

 

5-    FUMO (tabaco)

 

6- SUBSTÂNCIAS DIVERSAS

6.1- Drogas atropínicas                 atropina

escopolamina

triexifenidil (Artane,...)

6.2- Inalantes               clorofórmio

éter etílico

solventes orgânicos

outros